A CABANA CAIU?

cabana penhasco

William Young, o autor de “A Cabana”, finalmente torna as coisas claras!

Alguns anos atrás, todo tipo de cristão biblicamente analfabeto estava delirando com o livro “A Cabana” de William P. Young. Atualmente o autor se tornou, mais uma vez, foco das notícias porque seu livro foi transformado em um filme. E mais recentemente, em seu trabalho intitulado “Mentiras que Acreditamos sobre Deus”, ele afirma enfaticamente o assunto:

“Quem originou a Cruz?…Se Deus fez, então adoramos um abusador cósmico, que na Divina Sabedoria criou um meio de torturar os seres humanos da maneira mais dolorosa e abominável. Francamente, é muitas vezes este deus muito cruel e monstruoso que o ateu se recusa a reconhecer ou conceder credibilidade em qualquer sentido. E com razão. Melhor não ter deus do que ter este.”

Considere bem, a última linha na citação. “Melhor não ter deus do que ter este”. Considere essa afirmação à luz das próprias declarações de Jesus sobre a cruz. Em João 12:27, quando Jesus começa a falar sobre sua própria morte, Ele diz: “Agora está perturbada a minha alma. E o que devo dizer? Pai, salva-me desta hora? Mas para este propósito cheguei a esta hora. Pai, glorifica o teu nome.” Vários versículos mais adiante, em João 12:32, Jesus acrescenta: “E Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos para mim”.

Um estudo mais aprofundado poderia trazer à luz Mateus 16:21-23, em que Jesus indicou que Ele deve ir a Jerusalém para morrer e ser ressuscitado no terceiro dia, e Pedro então repreende-O. Podemos nos voltar para Mateus 20:28, no qual Jesus ensina que o Filho do Homem veio para que Ele possa dar a sua vida como resgate por muitos. Ou podemos estudar a famosa oração altamente sacerdotal de João 17, quando Jesus, falando sobre a Sua cruz, no versículo 5 ora: “E agora, Pai, glorifica-me na Tua presença.” Mas finalmente o leitor da Bíblia é atraído para o Getsêmani, onde em Lucas 22:42, Jesus ora: “Pai, se você quiser, remova este cálice de mim. No entanto, não se faça a minha vontade, mas a tua.”

Sejamos inequivocadamente claros. Jesus acreditava que a vontade do Pai era enviá-Lo para a cruz. E assim também somos igualmente claros, de acordo com William Young, “Melhor não ter deus, do que o Deus em que Jesus crera.”

Mas onde Jesus teve a idéia de que Deus, o Pai, o estava enviando deliberadamente para a cruz? Por um lado, Jesus era um homem que acreditava que o Antigo Testamento era a palavra de Deus. Considere Isaías 53:10. “Mas a vontade do Senhor o esmagou.” Isaías é claro. Deus, o Pai, em sua vontade soberana projetada para esmagar seu filho. E Jesus, por sua vez, concordou completamente. Ao explicar os acontecimentos de sua morte aos discípulos no caminho de Emaús, Lucas 24:26 registra Jesus dizendo: “Não era necessário que o Cristo sofresse estas coisas e entrasse na sua glória?”

Considere o que as Escrituras nos ensinam:

“A cruz é a vontade do Senhor”
“A cruz é necessária”
“A cruz representa a vontade de Deus que está sendo feita”
“A cruz glorifica a Deus”
“A cruz representa a razão pela qual Jesus veio”

Agora considere a resposta de William Young. ” Melhor não ter deus do que ter este.”

Eu, por minha parte, estou contente que William Young finalmente disse essas coisas. Os muitos evangélicos biblicamente analfabetos que elogiaram o livro “A Cabana”, não prestaram atenção às montanhas de declarações não bíblicas feitas no livro. Livrarias evangélicas tiveram seu estoque do livro esgotado quando foi lançado, e eu sei de mais de um grupo de estudo bíblico nos lares que decidiu estudá-lo em conjunto, e elogiou o seu conteúdo.

O que estamos testemunhando é a ampla desconexão do Movimento Evangélico de suas raízes bíblicas, históricas e evangélicas. Vamos orar para que a revelação de William Young choque alguns evangélicos fazendo-os reconhecer a que ponto o movimento se afastou de suas raízes.

Fonte: Back to the Bible

2 opiniões sobre “A CABANA CAIU?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s